Your address will show here +12 34 56 78
Marketing digital

Manter um bom diálogo com o cliente é fundamental para o processo de atendimento da empresa. A tecnologia do chatbot é referente a programa de computador que possibilita programar respostas, questionários curtos e orientar uma conversa inicial com o cliente.

Todo o processo é programado e automatizado, possibilitando diminuir o peso de tarefas repetitivas e burocráticas relacionadas às dúvidas freqüentes, mantendo um diálogo pré-definido entre o usuário e um robô de linguagem.

O chatboot

Atender o cliente rapidamente pode demandar o investimento em grandes equipes de atendimento, porém um menu ou robô utilizado para uma conversa automatizada pode reduzir custos, tempo e perda no processo de atendimento beneficiando empresas e consumidores. É possível automatizar tarefas repetitivas e burocráticas, gerando liberado e ganho de tempo para resolver problemas mais complexos.
Atualmente, determinadas empresas de diferentes segmentos estão escolhendo processos de contato automatizado para aprimorar os setores de venda, consulta de pagamentos ou dúvidas freqüentes. Esse processo aplicado através de programas inteligentes possibilitar acelerar fluxograma, estruturar na forma de diálogo e cadastrar dentro de uma ferramenta apropriada e muito bem indexada para cada tema ou solução.

Estatísticas importantes sobre o uso de Chatbots

Nos próximos anos, o uso de chatbots será uma tendência mundial e os mesmos terão um papel ativo em nossas vidas, saiba que:
Espera-se que o mercado global de chatbot cresça exponencialmente entre 2016-2023 – Credence Research;
  • 85% da interação com o cliente será gerenciada sem seres humanos até 2020 – Gartner;
6 bilhões de dispositivos conectados solicitarão suporte de forma proativa em 2018 – Gartner;
  • 40% das interações móveis serão gerenciadas por agentes inteligentes até 2020 – Gartner;
  • 10k + desenvolvedores estão construindo chatbots no Facebook Messenger – Facebook;
  • 31% das empresas de alto desempenho planejam usar a Inteligência Artificial nos próximos 12 meses – Adobe;
  • Até 2022, os bancos podem automatizar até 90% de suas interações com os chatbots. – Foye;
  • 96% das empresas acreditam que os chatbots estão aqui para ficar. – Mindbrowser;
  • Espera-se que US $ 4,5 bilhões sejam investidos em assistentes inteligentes da empresa até 2021. – Opus Research;
  • Até 2020, mais de 80% das empresas deverão ter algum tipo de automação de chatbot implementada – Business Insider;
  •  

A inteligência artificial

O chatbot tende a ficar mais aprimorado e mais avançado com a adição de uma inteligência artificial que consiga identificar variáveis de palavras, assuntos e voz no sistema de audição e escrita.No futuro próximo, o avanço da inteligência artificial permitirá que mesmo que o cliente pergunte de maneira não programada e obtenha respostas cada vez mais exatas.
Atualmente, esse tipo de inteligência já é empregada nos sistemas de atendimento propiciando o funcionamento de diversas formas diferentes criando atenção na hora de escolher determinada função ideal para a necessidade do atendimento.
Por exemplo, para a empresa que possui grande volume de interações, pode usar ferramentas gratuitas, como a Blip, que permite fazer o chatbot e integrá-lo com as ferramentas de atendimento.

Programação

A programação pode ser feita com a atuação de um profissional de informática ou big data, e até mesmo pelo usuário comum quando não há muita complexidade de volume de informações.
Podem ser usadas ferramentas pagas e gratuitas que facilmente se adaptam aos sistemas e menu de atendimento da corporação. Na programação é possível estruturar perguntas e respostas do bot usando termos simples com linhas de restrição de margem de erro na configuração dos dados.

Conclusão

No processo de instalação de um chatbot é fundamental saber simular uma conversar, selecionando a linguagem certa que o seu cliente usa para se comunicar.
Inicialmente, a empresa precisa ter conceitos e objetivos claros para gerar qualidade e facilidade de atendimento a favor do cliente e da empresa.
Mas, em determinadas situações como dúvidas profundas, problemas e pagamentos o chatbot não deve substituir o atendimento humano, lembrando que existem demandas mais complexas que o bot não pode resolver de forma automática.
Esses sistemas podem ser usados no atendimento telefônico, nas redes sociais e nos e-mails como uma conversa prévia e orientadora para as dúvidas e necessidades iniciais do cliente e demais demandas.

0